A BRAVO AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência de acordo com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso, e ao continuar navegando você concorda com estas condições.

Dúvidas

Qual a sua dúvida?

A resposta pode estar aqui!

Conhecer o processo atual (Diagnóstico Industrial); Definir requisitos de desempenho (processo futuro); Pesquisar tecnologias disponíveis e relacionadas; Analisar a viabilidade técnica e econômica; Adequar às normas e legislações vigentes e relacionadas (segurança, montagem etc.); Desenvolvimento do projeto; Elaborar documentação (manuais, diagramas, esquemas etc.); Testes; Validação; Entrega técnica. Cada projeto possui particularidades que devem ser estudadas pontualmente, buscando as melhores soluções. Por isso, é difícil estimar um tempo certo. Quanto aos resultados, pode-se citar o aumento da produtividade, qualidade, segurança de operação, consistência e melhoria do processo. O objetivo principal da automação industrial é criar mecanismos que sejam capazes de produzir o melhor produto com o menor custo. Alguns objetivos que devem ser buscados nos projetos de automação industrial são: Melhorar a produtividade de uma empresa aumentando o número de itens produzidos por hora de forma a reduzir os custos de produção e aumentar a qualidade. Melhorar as condições de trabalho das pessoas eliminando trabalhos perigosos e aumentado a segurança. Realizar operações que seriam impossíveis de controlar intelectualmente ou manualmente. Melhorar a disponibilidade de produtos de forma com que seja possível fornecer quantidades necessárias no momento certo. Simplificar a operação e manutenção de modo que o operador não precise ter grande expertise ao manusear o processo de produção. Indústrias que ainda possuem maquinários irregulares podem adequar todo o seu parque operacional às normas regulamentadoras. Para tanto, basta contar com o suporte de uma empresa de automação industrial, que ficará responsável pela “arquitetura” e implementação dos novos projetos de máquinas e sistemas. A primeira etapa dessa adequação constitui-se de apreciações de riscos, isto é, um estudo completo dos perigos da máquina. As insalubridades encontradas serão “catalogadas”, de modo a criar uma lista de alterações prioritárias. Após conhecer e compreender todos os riscos, é chegada a hora de desenhar o projeto elétrico, mecânico, hidráulico, pneumático e de monitoramento, arquitetando assim todos os aspectos de segurança necessários à máquina. Posteriormente, inicia-se a fabricação e implementação dos novos dispositivos, painéis, circuitos e demais itens de adequação e proteção. É importante destacar que, após validada, a máquina deverá ter uma “rotina” de manutenções agendadas, visando garantir sua proteção e segurança conforme as normas regulamentadoras. Com a implementação de painéis elétricos e sistemas que possibilitam um controle maior em sua empresa. Além disso, por serem equipamentos automatizados, os erros são quase nulos e há pouca perda de material, há ainda um consumo menor de energia e matéria-prima quando o processo é automatizado. O cenário da automação é visto como algo que garante segurança com resultados satisfatórios.